Carregando...

Dicas de finanças para músicos: como economizar e ganhar mais
21/02/2020 17:54

Qualquer pessoa que queira se destacar no ramo musical, já deve ter ouvido o quanto é difícil ganhar dinheiro na área. Pois bem, essas críticas podem te desanimar e te deixar preocupado, mas há várias maneiras de ter uma boa fonte de renda se você é um músico talentoso.

Se o seu sonho realmente é ser um artista de sucesso, não deixe esses conselhos levarem você a desistência. Toda área profissional apresenta riscos e embora o mercado musical seja incerto e instável, há muitas pessoas bem-sucedidas na área. O que está te impedindo de ser uma delas?

Antes de tudo, compreenda que você é um empreendedor. Assim como qualquer comerciante que abre um restaurante, loja de roupas ou cosméticos, você precisa se dedicar a área escolhida e dar o seu melhor para conquistar novos consumidores. A concorrência é gigante, o começo sempre acaba sendo meio difícil, mas não dá para desistir na primeira dificuldade.

Há diversas formas de ganhar dinheiro no ramo musical. Você não precisa saber todas elas, mas de fato, precisa destacar seus pontos fortes e suas qualidades para investir nisso. 

É aprender um pouco mais sobre controle financeiro, como economizar dinheiro e como fazer boas escolhas, mesmo quando o dinheiro está curto. Mas além de poupar, também é essencial que você ganhe dinheiro, caso contrário, terá que se privar de muitas coisas.

Controle financeiro para músicos

No começo parece ser bem difícil conseguir gerir uma banda. Embora a música que seja uma forma de entretenimento e diversão para as pessoas, se você a utiliza como fonte de renda, pode ser um pouco complicado. Caso você faça parte de uma banda, é preciso ter uma conversa séria com todos os membros da banda sobre finanças. 

Muitas pessoas evitam falar sobre dinheiro pois acreditam que esse é um assunto pessoal e não há necessidade falar sobre o assunto. Mas isso é um grande erro! Conversas sobre finanças, tirar suas dúvidas e organizar sua economia é extremamente importante para o sucesso da sua banda. Como vocês vão investir na carreira de vocês sem planejamento financeiro?

A economia no ramo musical serve para muitas coisas: compra de novos instrumentos, divulgar eventos e shows, investir na divulgação do seu negócio etc. Não é fácil, mas se você deixar esse assunto de lado, pode ter problemas dívidas enormes futuramente. Mas então, como fazer para ter controle financeiro?

Como o trabalho com música em geral é um trabalho autônomo, você precisa tomar certos cuidados. Todo planejamento é bem-vindo e o cuidado com as suas finanças pode poupar você de preocupações com dívidas e falta de verba.

Infelizmente, muitos músicos não são valorizados da forma que deveria, isso é, ganham muito pouco pelo seu trabalho. Há vários que trabalham no ramo por muito tempo, mesmo assim, não conseguiram se destacar e seu salário praticamente não aumentou nos últimos anos.

Não sinta vergonha de ainda não ter chegado onde você quer chegar. Talvez leve mais tempo do que você imagina, mas tenha em mente que é totalmente possível crescer e se destacar no ramo musical.

Veja nossas principais dicas para você conseguir driblar problemas financeiros no seu negócio musical e conseguir controlar suas finanças, mesmo em momentos mais difíceis.

 

1. Registre todas as suas movimentações financeiras

Não importa se você gosta de escrever no papel ou prefere utilizar a tecnologia para isso (planilhas do Excel e aplicativos de finanças). O importante é registrar gastos anteriores, fazer uma análise do que você precisa gastar e criar um fundo de reserva. Tudo deve ser registrado, para você não se perder lidando com finanças.

Fazendo um registro, você consegue ter acesso a todas as movimentações, sejam elas em dinheiro ou através de transações bancárias. Guarde todas as notas fiscais e some o valor delas. Quanto mais controle financeiro você tiver, maior será sua segurança a lidar com gastos.

Fazer uma análise dos seus registros bancários não serve apenas para a sua banda, mas sim para a sua vida pessoal também. Você vai perceber que quando começar a analisar seus gastos e suas economias, vai ser mais fácil lidar com dinheiro em qualquer área de sua vida.

Há diversos modelos de planilhas prontos na internet, assim como aplicativos e programas específicos de finanças. Mas caso você prefira anotar tudo no papel, não há problema algum. Só cuidado para guardá-las em lugar seguro e não perder.

2. Crie um fundo de reserva

Ninguém pode prever o futuro. Muitas pessoas gastam mais do que realmente podem e no final do mês ficam desesperadas, pois não sobra dinheiro algum. Separe todo mês uma parte das suas finanças e não mexa nesse dinheiro de forma alguma. Você pode precisá-lo em alguma emergência ou mesmo para investir em uma oportunidade única.

Por mais tentador que seja gastar com prazeres momentâneos, você precisa lembrar de que esse dinheiro pode fazer muita falta depois. Se você está fazendo carreira solo, pode ser um pouco mais fácil guardar. Mas caso você tenha uma dupla musical ou uma banda, é preciso conversar com os outros integrantes para ninguém usar esse dinheiro de forma errada.

Há artistas que ganham muito dinheiro, mas pelo fato de não terem educação financeira, continuam atolados de dívidas e não conseguem fazer investimentos inteligentes. Se você está começando crescer financeiramente, cuidado para não estragar esse momento. Não gaste mais do que pode. Na verdade, o ideal é gastar apenas com o que você precisa.

3. Tenha metas e objetivos claros

Quando você visualiza sua situação no futuro, consegue pensar mais claramente nos seus sonhos e o que você precisa fazer para alcançá-los. Isso vai te ajudar a utilizar seu dinheiro de maneira mais sábia, pois você consegue ter uma visão mais clara do que precisa fazer para alcançar seus objetivos.

Guarde uma parte do dinheiro ganho para investir. Converse com outros membros do seu grupo musical sobre lugares que vocês desejam se apresentar, como fazer para ter mais sucesso, aonde ir para conseguir patrocínio etc.

Questione suas metas de forma inteligente e o que você precisa fazer para atingi-las. Talvez seus sonhos sejam impossíveis a curto prazo, mas se você se organizar, pode conseguir realizá-los no futuro. Não tenha pressa, faça tudo com calma para todas decisões mais responsáveis.

4. Compre instrumentos de qualidade

Não adianta economizar agora se em breve você vai ter que gastar dinheiro com o mesmo instrumento. É bem melhor comprar por exemplo, comprar um violão mais caro que dure anos e tenha qualidade, do que um barato, que estrague em pouco tempo de uso. Claro, nem sempre o produto mais caro é o melhor, mas caso ele seja, vale a pena considerar sua compra.

Economistas sempre aconselham as pessoas a comprarem produtos prestigiados e reconhecidos, que durem o maior tempo possível. Se você economiza agora, mas em breve precisa comprar outro violão, é provável dizer que você jogou dinheiro fora na sua primeira compra.

5. Invista em você mesmo

Sempre é possível aprender mais. Grandes artistas devem ser humildes e estarem cientes de que a busca pelo conhecimento deve ser contínua. Por isso, invista em equipamentos de qualidade, no marketing da sua carreira musical, em cursos e aulas particulares para você aprender mais e tudo que for importante para a sua carreira.

Da mesma forma que profissionais de outras áreas (comunicadores, psicólogos, administradores) estão sempre se especializando, um músico deve fazer o mesmo. Isso não significa que você deve gastar dinheiro descontroladamente com a desculpa de que está fazendo investimentos, mas sim, de que usar dinheiro para investir no ramo musical provavelmente é uma boa escolha.

Investimentos no ramo musical

Dedique uma parte do seu tempo para investir em projetos de curto, médio e longo prazo. A internet é uma excelente fonte de conhecimento financeiro, mas além disso, você pode procurar livros e revistas que te ajudem a prosperar financeiramente.

O profissional da música deve sempre contar com uma reserva de emergência, para não ser pego de surpresa com uma conta que apareça na última hora. Se você não se planejar e tiver que utilizar um dinheiro que você não deveria gastar, pode ser que tenha que adiar seus sonhos.

Para você alcançar sucesso lá na frente, precisa tomar boas decisões no presente. Isso tem tudo a ver com planejamento e controle financeiro.

Claro que você quer ganhar dinheiro no presente e tem contas para paga agora mesmo. Não há nenhum problema em querer resultados imediatos, tanto que você entenda que não dá para deixar o futuro de lado.

Invista em você mesmo, na sua carreira, nos equipamentos musicais e no relacionamento com a sua banda. Mas quando se fala de investimento financeiro, é preciso que você entenda a importância de ter um fundo de emergência para eventuais despesas de última hora e também para você conseguir realizar seus sonhos que precisam de capital financeiro para acontecer.

Como ganhar dinheiro trabalhando com música

Com foco, é possível realizar seus planos financeiros. Mas além de poupar, é importante você ganhar dinheiro, para não precisar se privar de bons momentos na sua vida por falta de dinheiro. 

Além de realizar shows e eventos, há diversas opções de trabalho que podem ajudar músicos a se realizem financeiramente na área. Embora seja provável que seus maiores objetivos sejam subir em um palco e se apresentar para uma plateia lotada, considere realizar outros trabalhos, principalmente no início da sua carreira.

1. Dê aulas e cursos de música

Você ainda pode não ter alcançado o sucesso que almeja, mas com certeza tem um bom conhecimento sobre música. Procure escolas de música da sua cidade em que você possa dar aula sobre o assunto que domina.

Quando você compartilha seu conhecimento, mostra a sua experiência na área e isso chama atenção das pessoas. Você vai ficar mais conhecido e virar uma referência para as pessoas ao seu redor.

Fale e ensine sobre o ramo musical. Além de escolas tradicionais na área, você pode se apresentar em conferência e falar sobre a sua história como músico. Fale sobre o que te inspirou a escolher essa área de atuação, como você fez para aprender o que sabe e onde planeja estar nos próximos anos.

Você também pode oferecer cursos online. Além de ser mais barato para os consumidores, vai te poupar tempo. Mas nesse caso, você precisa contar com a ajuda de um material de trabalho, como um e-book, por exemplo.

2. Vá atrás de parcerias

A internet sem dúvida pode te ajudar a conseguir mais parcerias. Fale com músicos da sua região, procure patrocinadores, empresários ou quem sabe, até artistas mais famosos podem se interessar pelo que você tem a oferecer.

Parcerias são uma ótima forma de tornar seu negócio mais conhecido. Utilize as redes sociais para encontrar pessoas que possam te ajudar. Quanto mais seguidores você tiver, mais vai chamar atenção, mas não adianta se você não tiver um bom conteúdo para postar nos canais de comunicação;

Mas não fique preso apenas no mundo virtual. Você também pode contatar lojas da sua cidade e estabelecer parcerias com elas. Isso vai te ajudar a construir um relacionamento profissional com essas pessoas e sem dúvida, vai tornar o seu negócio mais popular.

3. Crie seu próprio canal no Youtube

Muitos músicos possuem seu próprio canal, então caso você ainda não tenha o seu, pode estar perdendo visibilidade. Nesse canal, poste vídeos de você cantando ou tocando as canções da sua banda, conte um pouco sobre a sua trajetória de vida etc.

O ideal é que os vídeos sejam filmados com equipamentos de qualidade, por isso, vale a pena considerar investir em uma câmera profissional ou um celular de alta resolução. Mas caso não seja possível, peça para um amigo te emprestar o equipamento. O que não pode é ficar fora do Youtube.

4. Crie o seu próprio site

É possível fazer vendas pelo Instagram, mas nesse caso, é melhor ter seu próprio site, para dar mais confiança ao consumidor. No seu site, é importante colocar quem é você ou a sua equipe, uma descrição breve sobre os membros da banda e sua missão, visão e valores.

Você também pode pensar na possibilidade de criar a sua loja virtual, que vai estar dentro do seu site. Vai ser bem mais fácil para você vender seus produtos e além disso, vai conseguir compartilhar o seu trabalho com mais pessoas.

5. Toque em casamentos e eventos importantes

Além do cachê ser bom, mais pessoas vão conhecer o seu trabalho. Se você se sair bem em sua apresentação, pode ser que já saia do casamento com outra oportunidade de trabalho. Esse é um momento para você se dedicar e mostrar todo o seu talento.

6. Faça apresentações gratuitas

A sua hora de ganhar dinheiro vai chegar. Mas no começo, pode ser interessante realizar apresentações gratuitas em escolas, festivais da sua cidade, em uma rua qualquer do centro ou qualquer outro lugar que seja possível.

Para algumas pessoas, essa ideia pode parecer absurda. Mas no começo, é necessário que você foque em maneiras de divulgar o seu trabalho, com o tempo, o retorno financeiro vem naturalmente.

Não pense apenas no curto prazo. Em apresentações gratuitas, você não precisa dispor de todos os equipamentos possíveis, pode ser uma apresentação bem simples. O importante é que você consiga destaque para o seu negócio musical.

7. Seja afiliado de empresas que trabalham com música

Essa opção pode te render uma boa comissão. Se alguém comprar uma música ou disco através por sua causa, você vai receber uma comissão. Não é nada trabalhoso e uma ótima forma de ganhar dinheiro para investir mais no seu negócio musical.

8. Participe de concursos musicais

Se você ganhar tais concursos, melhor. Mas não foque nisso. Os concursos são uma ótima oportunidade para música no início da carreira divulgarem o seu trabalho. Além disso, você vai conseguir realizar networking com outras pessoas do ramo musical, como músicos, empresários, patrocinadores.

Além de você ter a oportunidade de ganhar o concurso e conhecer novas pessoas, pode ser bem divertido para você. Com certeza você vai ter uma plateia procurando por entretenimento e diversão, por isso, faça o possível para oferecer bons momentos para eles através de suas músicas.

Como usar a internet para ganhar dinheiro

Devido ao crescimento do mundo virtual, pessoas que trabalham no ramo musical devem estar atentas as novas tecnologias. Para pessoas no início de carreira, é essencial buscar plataformas de venda online para você distribuir as suas músicas no mundo digital.

As principais plataformas de venda online para músicos são o iTunes, Spotify e Google Play. Você vai entregar suas músicas a uma distribuidora digital, e esta ficará totalmente responsável por distribuir seu conteúdo. 

O fato de a internet ser um mercado gigante, vai facilitar e muito a venda dos seus produtos. Você só precisa aprender a usar isso ao seu favor. Recomenda-se que você divulgue o seu trabalho em todos os meios digitais possíveis.

Empreendedorismo musical

Você não precisa ser um especialista em finanças, mas todo empreendedor (sem exceção), precisa entender um pouco sobre gestão financeira, investimentos e economia. Se você escolheu a música como área de atuação, significa que você tem paixão por isso, mas também é possível utilizá-la para você construir sua fonte de renda.

O problema é que poucos profissionais conseguem ver o mundo artístico como uma área possível de ganhar muito dinheiro e ser valorizada. Infelizmente, poucos profissionais conseguem colocar em prática seus conhecimentos em empreendedorismo.

O ramo musical exige muita criatividade e inovações. A arte musical é constantemente renovada, o gosto dos consumidores muda o tempo todo.

Empreendedores de outras áreas muitas vezes também não conseguem lidar com finanças. Consequentemente, gastam todo seu dinheiro com coisas supérfluas, não fazem nenhum planejamento financeiro e não tem objetivos claros. Resultado: dívidas e momentos desesperadores quando as contas começam a chegar.

Se você é um músico, você é um empreendedor. Como tal, precisa aprender a gerir as suas finanças. O empreendedorismo é vital para você conseguir ter sucesso na área. Uma vantagem que os músicos têm perante a outros trabalhadores, é o fato de trabalharem com algo que realmente gosta, o que aumenta as chances de ser bem-sucedido.

Se para os seus fãs, a música é vista como uma forma de entretenimento e diversão, para você, ela deve ser vista como um trabalho e fonte de renda. Claro, você também pode ter prazer trabalhando com isso, mas se não levar seu negócio a sério, não vai conseguir progredir.

Músicos com histórias inspiradoras

A maioria dos artistas que você gosta já passou por momentos de dificuldade financeira. Porém, eles não desistiram e encontraram outros caminhos para continuar crescendo. Leia as histórias de vida dele para você se inspirar.

Mesmo que você se dedique a conhecer mais o mundo financeiro e aprender a controlar suas finanças, há momentos em que você ter dificuldade financeira. Porém, não deixe isso atrapalhar seu sucesso futuro. Aprenda com quem já passou por momentos de dificuldade e mesmo assim, conseguiu superar as dificuldades e alcançar o sucesso financeiro no ramo musical.

1. Cyndi Lauper

Lauper fez muito sucesso na década de 80. Porém, antes disso, ela fez parte de uma banda chamada ‘’Blue Angel’’. O problema, é que isso não deu certo e ela teve que declarar falência devido a problemas financeiros.

Mas a cantora e compositora conseguiu driblar os problemas e alcançou o sucesso profissional. Ela se recuperou, gravou novas músicas e até hoje é reconhecida pelo seu enorme talento.

(Fonte: The Guardian)

2. Thiago Martins

Além de cantor, ele é compositor e ator. Brasileiro, nasceu no Vidigal, uma das favelas mais conhecidas do Rio de Janeiro e teve uma infância realmente pobre. Começou sua carreira na televisão, mas também descobriu que possui talento na área musical.

A person smiling for the camera

Description automatically generated

(Fonte: Resumo das Novelas)

3. Madonna

Atualmente Madonna é milionária e é uma das cantoras mais prestigiadas de todos os tempos. Mas o que muita gente não sabe, é que a atriz já passou fome. Ela é sem dúvidas mais um exemplo de superação.

A girl posing for a picture

Description automatically generated

(Fonte: Observatoriog)

Como o controle financeiro vai te ajudar na sua carreira

O ramo musical é muito incerto e instável para a maioria dos músicos. Isso significa que você não tiver dinheiro guardado para possíveis emergência, pode perder grandes oportunidades ou então ficar endividado. Por isso a educação financeira é importante para músicos.

Controle cada centavo que você gosta e se possível, separe alguns minutos todos os dias para cuidar das suas finanças. É melhor fazer esse serviço aos poucos, pois é mais fácil de você conseguir se organizar. Se deixar para fazer tudo de uma vez, pode se perder.

Quando você controla as suas finanças, você se sente mais seguro, pois sabe que em momentos de emergência, vai poder retirar o dinheiro que você tem guardado. Além disso, se surgir uma grande oportunidade na sua carreira, pode ser interessante investir as suas economias.

Ter dinheiro guardado também é importante para você adquirir produtos de qualidade. É melhor gastar mais e comprar um equipamento de qualidade agora, do que comprar algo barato e ter que jogar fora logo em seguida.

Além disso, se você poupar um pouco dos seus ganhos todo mês, vai poder investir na sua carreira como músico, através de cursos, palestras, viagens para o exterior etc.

O planejamento financeiro vai ajudar a consolidar a sua carreira. Lembre-se que todo profissional autônomo tem custos referentes ao trabalho.

Gestão financeira

Todo empreendedor precisa administrar seu patrimônio por menor que seja. Para controlar seu patrimônio, você deve estar ciente de todas as movimentações financeiras que você e/ou seu grupo musical estejam fazendo. Não tem como controlar as suas finanças sem você fazer o registro adequado delas. Mas então, como gerir a economia do seu negócio?

Para começar a gestão da sua carreira inicial, primeiramente você precisa criar o hábito de registrar todas as movimentações financeiras que você ou sua banda realizem, seja em dinheiro ou no cartão. Você pode usar caderno e caneta ou então realizar planilhas no Excel, além de contar com a ajuda de outros aplicativos para cuidar das suas finanças. 

Qualquer suporte físico ou digital que você tiver para registrar seus gastos e seus ganhos é de grande ajuda. Crie o hábito de registrar todas as suas transações. Você vai ver que é muito mais fácil cuidar das suas finanças dessa forma.

Livro-caixa

O livro-caixa serve para registrar todos os pagamentos e recebimentos. Ele deve ser organizado por data (dia, mês e ano). Deixe todas as informações sobre finanças registradas no livro-caixa. 

Orçamento

O orçamento é a ferramenta utilizada para planejar e controlar o patrimônio financeiro. No orçamento, coloque uma projeção básica para os para os próximos 12 meses. Assim, você vai conseguir controlar o quanto entrou de dinheiro, o quanto você precisou gastar, quais são as despesas fixas, os custos de produção, gastos com equipamentos e as despesas administrativas.

Conclusão

Organizar a vida financeira é essencial para qualquer pessoa. Seja na sua vida pessoal ou profissional, saber exatamente aonde está seu dinheiro está indo e quanto está entrando é importante para ter uma relação melhor com as suas finanças.

Pelo fato de músicos não terem um salário fixo, acaba sendo um pouco mais difícil controlar as suas finanças. Você pode receber bastante em uma semana, mas na outra ficar sem nada. Por isso, você sempre precisa ter uma reserva de emergência. Investir na sua carreira vale a pena, mas cuidado para não gastar mais do que deve e passar o resto do mês.

O planejamento financeiro deve ser frequente. Não adianta economizar em um mês se no próximo você resolve gastar todas as economias com coisas supérfluas. Cuide de suas finanças e converse com os outros membros da sua equipe, para todos estarem no mesmo ritmo de organização financeira.

Seus sonhos serão realizados mais rapidamente se você poupar para realizá-los. Economize também para comprar equipamentos e instrumentos musicais a vista, se possível. Embora alguns produtos sejam de alto valor, você pode negociar um bom desconto.

Quando você colocar o seu valor no cachê, não esqueça dos gastos fixos e variáveis que você terá, como alimentação e transporte. Faça uma análise do quanto você e sua equipe pretendem lucrar e veja se vale a pena realizar o evento.

Se as coisas estiverem difíceis no começo, tenha paciência e se organize para elas melhorarem. Muitos artistas que hoje são extremamente famosos, começaram como você, passando por dificuldades e apertos financeiros. Mas eles não se deixaram abalar. Economize o máximo possível e estabeleça metas e objetivos de longo prazo.

Além de economizar, você obviamente precisa ganhar dinheiro. Para isso, é preciso que seu trabalho se torne conhecido e os seus fãs valorizem seu trabalho. Divulgue as suas músicas na internet, crie um canal no Youtube, utilize o poder de comunicação das redes sociais e seja acessível aos seus fãs.

Muitos músicos têm uma imagem equivocada do uso da internet e de investimentos em marketing. Pode ter certeza de que os grandes eventos nacionais investem muito tempo e dinheiro para divulgarem seu negócio. Isso não quer dizer que você precisa dispor de um grande capital para investir, aliás, é possível investir com pouco dinheiro, mas também não dá para desvalorizar o trabalho os profissionais que irão realizar o serviço de marketing para a sua banda.

Há muito conteúdo gratuito na internet sobre finanças. Caso você queira se aprofundar melhor, é recomendável a leitura de livros sobre o assunto. No Youtube também é possível encontrar conteúdo de qualidade sobre planejamento financeiro, economia, como utilizar o seu dinheiro de forma inteligente etc.

Infelizmente muitos músicos não compreender a importância do planejamento financeiro. Aliás, não apenas músicos. Mas as pessoas que alcançar os melhores resultados são aquelas que aprendem a lidar com dinheiro. 

Quanto mais seu trabalho for conhecido e divulgado, mas você vai ganhar dinheiro. Mesmo assim, é importante continuar economizando e cuidando das suas finanças, caso contrário, você vai continuar passeando por problemas financeiros.

Além de shows e eventos, utilize outras formas de ganhar dinheiro com música: dê aulas, ofereça cursos, vá atrás de parcerias e o que puder para valorizar a sua profissão. Quanto mais atitude você tiver, mais vai tornar seu negócio conhecido e conseguir prosperar na carreira musical!